OPINIÃO

Palavras de um internauta, acima de tudo palavras de um Angolano 

Pelo sim, pelo não, João Manuel Gonçalves Lourenço é o 3º Presidente da Républica de Angola.

O Discurso até agora apresentado reflete os anseios do povo Angolano, um discurso inclusivo e participativo, que busca um País moderno e desenvolvido.
Como Angolanos estamos desde já estamos convidados a embarcar nesta viagem de 5 anos de Presidência sobre seu comando.

Na verdade não é a primeira vez que ouvimos discurso bonitos, são anos a ouvir promessas, são anos e incumprimentos, são anos de conquistas e anos de derrotas pesadas na questão de desenvolvimento e amadurecimento da democracia em diversos aspectos na autonomia das instituições do Estado.

No entanto quer queiramos quer não, a ascensão de João Lourenço é um facto incontornável na politica Angolana, esperamos que faça diferente, que tenha a capacidade politica e administrativa de materializar o discurso que brindou a população Angolana, que espera de certa forma um espírito de resiliência de vossa parte como metodologia de aplicação e foco.

A nós que somos movidos por uma resiliência teimosa que nos faz acreditar que as coisas podem melhorar, mesmo quando sinais nos mostram o contrário, nada nos resta senão colaborar até onde nos é permitido, para que o discurso apresentado se reflita de forma impactante na realidade socio-politica e económica de Angola e dos Angolanos nos próximos 5 anos.

Embora os analistas politicos e outros comentadores politicos do nosso mercado, digam que o legado de JES é glorioso, e que deixa Angola em Paz, o trabalho do Presidente João Lourenço será Titânico se existir compromisso na busca de um País Novo.

Angola é o Pais é deixado no meio de uma crise económica sem precedentes, uma divida pública desconhecida,com diversos problemas estruturais, instituições sequestradas e desacrditadas,na verdade o Legado do Presidente cesante José Eduardo dos Santos se fixa em uma Paz resumida no calar das armas, mas em uma profunda guerra social que esta longe de ser vencida, um sistema de impunidade, corrupção éndemica e outros danosos ao desenvolvimento do País.

Então que venha a Angola de João Lourenço.

Por: Isidro Fortunato 

Anúncios

Categorias:OPINIÃO

COMENTAR

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s